Mãe de Jujuba

Ontem foi Dia das Mães!
Fiquei me coçando pra resistir a postar uma mensagem comercial, melosa, dessas de mãe de comercial de margarina.
Eu poderia ter feito isso, ganharia mil likes no facebook, inflaria meu ego… enfim, dormiria feliz.
Será?
Eu gosto de mães reais!
Mãe tem olheira porque muitas vezes passa as noites acordada. Mãe de verdade não está sempre com o cabelo escovadinho, com a roupa limpinha.
Nas fotos pode até parecer que sim porque, sem modéstia, fotografo mães lindas.
Mas o que acho mais bonito nelas é o sorriso, o abraço apertado e os olhos, ah, os olhos que brilham, esses sempre me deixam boba.
Por isso esperei até hoje pra homenagear as mães.
Porque como ontem, hoje é dia das mães, e cada dia do ano também é.
Mãe não tira férias, a maternidade é pra vida toda.

Pra homenagear as mães vou colocar aqui fotos da mãe de uma Jujuba. 

Não, o nome da criança não é Jujuba, a Cris é maluquinha mas não tanto. Ela é mãe da Luiza, que tem pouco mais de um mês hoje (e quem acompanha meu facebook já a viu na sessão newborn).
A Luiza é Jujuba pra mim, uma Jujubinha Saltitante, porque desde que a Cris me contou que estava grávida esse pontinho de gente já provocou um rebuliço na vida dela.
Foram muitos enjôos, muita mudança. E aí eu disse pra Cris que a Lu era uma Jujubinha Colorida Docinha Saltitando desde a barriga.
A Cris é uma super amiga, minha amiga de faculdade que entrou na minha vida como um arco—íris e me trouxe alegria com seu jeito baladeiro / fashion de ser.
É aquela menina que me fazia rir entre uma aula e outra virou uma mulher super responsável (e pensar que a certinha era eu), linda e segura.
Hoje ela é uma mãe, super mãe, de uma criaturinha feita de algodão-doce, com o narizinho arrebitado e cheia de personalidade.
Essas fotos tem uma luz que não consigo explicar.
Não é só a luz do sol de uma manhã perfeita, é uma luz que vem dos dois.
De nada me valeria a técnica sem emoção.

Voltar ao início Entre em contato Envie para um amigo Tweet this Post Receba o blog por e-mail
cristiane - 12 de maio de 2015 - 4:25

Chorei com as palavras! Seu carinho por nós é ímpar! Obrigada do fundo do coração! Bjo bjo

UA-148820862-1