Cores de Arthur

Lindo demais!
É assim que defino o aniversário do Arthur.
Em primeiro lugar a escolha do tema foi perfeita: Rio. Amo a animação e é a cara do Arthur.
Conheci o Arthur em uma sessão no estúdio. Ele veio aqui pra fazer o quadro que ficaria na entrada da festa e esbanjou alegria nas fotos. Brincou, sorriu, fez pose… a sessão foi super tranquila, deliciosa, dessas que a gente não vê o tempo passar.
Toda essa tranquilidade do Arthur vem dos pais. Sabe aqueles pais super presentes na vida do filho, que participam de tudo de forma leve e gostosa?
Sempre acreditei que a segurança que os pais dão para o filho é essencial para criar uma criança de bem com a vida e essa família linda é só mais uma constatação disso.
É claro que a festa tinha que ter o mesmo clima. Rio é a cara do Arthur porque é positivo, tem cores lindas, é divertido. E se eu pudesse definir o Arthur em uma palavra seria ALEGRIA.
Dá pra notar ele brincando o tempo todo, interagindo com todo mundo e se divertindo em todos os momentos.
Divirtam-se vendo um pedacinho desse dia de brincadeiras com essa figurinha premiada.
Aniversário Arthur 1
Voltar ao início Entre em contato Envie para um amigo Tweet this Post Receba o blog por e-mail
Cristiane - 8 de novembro de 2012 - 17:17

Gostaria de saber se vc tem disponivel a data dia 15 de dezembro para cobertura fotografica do aniversario do meu filho!

O Sapatinho Amarelo

Vocês sabiam que, segundo o Feng Shui, a primeira peça de roupa de um bebê deveria ser um sapatinho amarelo? O amarelo significa fartura (ouro) mas não só fartura financeira, fartura em geral, em tudo que se faz na vida.
Lembram da história do Midas, aquele que em tudo que tocava virava ouro. Então, no Feng Shui a primeira peça de um bebê deve ser o sapatinho amarelo para que todos os caminhos pelos quais ele passe sejam de fartura e alegria.
Ah, e esse sapatinho tem que ser ganho de alguém.
O sapatinho da Gabriela foi dado pela vovó. Por aí já dá pra entender como é essa família: toda cheia de pensamentos positivos e boas energias.
Aprendi essa história do sapatinho e muitas outras coisas ao fotografar a Ligia e o Leonardo.
A Ligia é filha de uma pessoa muito especial pra mim e tudo nessa sessão foi super especial.
Pra começar eu via a Ligia de vez em quando, sempre bem rapidinho. Vi o barrigão crescendo e sempre pensava em fotografá-la mas como não tínhamos intimidade nunca tive coragem de falar com ela sobre isso. Aí um dia a Haide, mãe da Ligia veio falar comigo sobre fazermos a sessão.
Gosto sempre de conhecer um pouquinho das pessoas que fotografo pra poder senti-las e já pensar em fazer algo que tenha tudo a ver com elas. Precisava conhecer um pouco mais sobre a Ligia e enviei umas perguntinhas pra ela. Descobri que ela e o Leonardo adoravam natureza e a música que cantavam juntos durante a gravidez – Amor de Índio -falava justamente isso.
Imediatamente pensei em um lugar que tinha ido algumas semanas atrás para fotografá-la. O lugar é a cara dos dois, tem uma figueira centenária com mais de 20 metros onde fizemos quase toda a sessão. Também tem pedras, grama, flores… e uma energia deliciosa.
Combinamos de nos encontrar no lugar e quando ela chegou parecia que já nos conhecíamos há anos.
Tudo foi tão gostoso e natural que o tempo passou sem que eu notasse. Na verdade foi uma tarde de brincadeiras gostosas recheadas com muito amor e detalhes lindos. Até a cor do esmalte a Ligia foi pensada. Sabe qual era o nome do esmalte? GABRIELA.
Durante a sessão aconteceram algumas coisas que me marcaram bastante. Tivemos borboletas pousando seqüencialmente na casca da árvore e um helicóptero sobrevoando sobre nossas cabeças enquanto fazíamos as fotos.
Ri muito, me diverti muito e as horas passaram tão rápido que a vontade era voltar e repetir tudo no dia seguinte.
No final da sessão fomos brindados com um lindo por do sol desses que nos fazem parar pra admirar.
Não consigo deixar de pensar que já era a energia da Gabi feliz aprovando nosso dia.

 

Voltar ao início Entre em contato Envie para um amigo Tweet this Post Receba o blog por e-mail
Kelly - 21 de fevereiro de 2012 - 10:14

Liiinda sessão Kaká!
Show essa última foto, parabéns!
Ah, e adorei o esmalte! *rs
Bjocas,

Bruna - 31 de março de 2015 - 3:30

hola me gustaron mucho me poadris decir de k matrerial estaan hechas y dar el precio de andrea y si me gusto otra k dice vendida supongo k ya no la puedo pedir verdad lindo dia

Cinematerna – 14/02/2012

Algumas semanas atrás estava vendo meus e-mails quando me deparei com um e-mail diferente do CineMaterna.
Inicialmente nem reparei que era direcionado só a mim porque recebo várias coisas relacionadas ao CineMaterna. Tenho em meu facebook, vejo as fotos no flickr e também conheço 3 fotógrafas que fotografam projeto então é super comum chegarem mensagens com o tema.
De qualquer forma a mensagem me chamou a atenção e fui direto ler. Era um convite.
Eu estava sendo convidada pra participar como parceira do projeto, pra fotografar as mães na entrada da Sala de Cinema.
Sempre pensei em me oferecer pra participar mas quem fotografava aqui em Campinas era a Silvia Martins, uma super fotógrafa de Indaiatuba que tive o prazer de conhecer em um dos Workshops que fiz então sabia que eles estavam em boas mãos. A maior surpresa foi ver na mensagem que a própria Silvia havia me indicado.
É claro que nem pensei pra responder. Se eu queria fotografar para o Cinematerna????? Claro que queria…
Amo cinema. Houve uma época em que gostava tanto que chegava a ver dois filmes seguidos.
Quando minha sobrinha ia fazer dois anos a levei pela primeira vez ao cinema. Foi inesquecível. Os olhinhos brilhando diante de uma tela tão grande e o medo quando a música aumentava pra depois vir o alívio quando a situação na telona se acalmava.
Foi só o primeiro de muitos filmes que vimos juntas. Hoje ela está com 14 anos e ama cinema, eu adoro pensar que tenho alguma responsabilidade nisso.
É claro que a levei pra assistir um desenho voltado a idade dela e o CineMaterna ainda não existia. Ir com um bebê ao cinema era impensável quando ela nasceu, infelizmente.
Por essa experiência pessoal dou tanta importância a idéia que virou algo tão grandioso e que agora está pelo país todo dando as mães a chance de continuar curtindo algo que gostam com a “pessoinha” que mais amam contando com todo o conforto e suporte necessário para que tenham o melhor entretenimento.
É bom saber que quando tiver meu filho vou poder continuar indo ao cinema assistir filmes voltados a minha idade, não terei que esperar meu bebê crescer para isso.
Além disso ainda terei a grande vantagem de conhecer outras mães, trocar informações e até tomar um café após o filme. As meninas do Cinematerna pensaram em tudo.  Após o filme quem quiser é convidado a ir ao café Havana pra continuar se divertindo e trocando informações com as outras mamães.
Tem coisa melhor do que isso? Ir ao cinema com o filhote e de quebra ainda fazer amigas com os mesmos interesses que os seus?
Só posso dizer que só tenho a agradecer pela recepção das meninas e dizer que fiquei encantada com a organização e o clima gostoso que encontrei lá.
Aqui está uma amostrinha das mamães lindas que passaram pela sessão do Cinematerna no Cinemark  (Shopping Iguatemi) hoje:

Veja AQUI as fotos tiradas na sessão de hoje.

As mamães que foram fotografadas na sessão e quiserem a foto em alta resolução pra revelar é só enviar um e-mail com o número da foto para kkpillat@uol.com.br.

Voltar ao início Entre em contato Envie para um amigo Tweet this Post Receba o blog por e-mail
Kelly - 21 de fevereiro de 2012 - 10:12

Meninaaaa, nem tinha visto o blog novo!!! lindo, lindo!!! amei!!!
Ah, o cinematerna… adoro!! cheguei a fotografar no Iguatemi tb.
Eu vi o cinematerna nascer em São Paulo, qdo a Irene saía caçando as amigas p/ irem ao cinema durante a semana, levando o pequeno Max pendurado no slig nas sessões em que só tinha as senhorinhas e senhorzinhos dormindo. *rs
Foi uma brincadeira deliciosa que virou um projeto fantástico! Divirta-se nessa nova empreitada!! Bjocas,